terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Horizontes

Sinto-me estranhamente estranha...
Tudo aquilo que prometi a mim mesma ao virar de um novo ano...
Desde deixar de roer as unhas até ao mais alto dos sonhos...
Tudo aquilo que prometi, martela cá dentro.
Sabendo eu que o que devia martelar era Metodologia.. pois bem...

Estou longe,
Tão longe que não me encontro dentro de mim.
Estou longe,
Agarrada a palavras e a gestos por dizer.
Estou longe,
De mim, de ti, de todos.
Estou longe.
Estou longe.
Estou longe.
Mas aquilo que mais quero é estar perto!
Estar perto,
De mim mesma se é que se entende.
Estar perto,
Daquele azul, daquele branco, daquele rosa.
Estar perto,
Daquele brilho de esperança.
Estar perto.
Estar perto.
Estar perto.
Tão perto que à distância de um abraço eu possa finalmente chegar!

12 comentários:

Pinipom disse...

Olá!
pra alem de vir retribuir o carinho que deixas-te no meu cantinho...

digo que gostei de te ler e tb GOSTEI DE TI

vou linkar o teu blo tá..
pra que o trajecto entro o meu e o teu cantinho seja mais curto =D e mais assiduo=D

beijo solto !

Neia

Sininho disse...

:) vou te contar um segredo ..só quem se perde se pode encontrar...só pode voltar a estar perto..que por momentos esteve um pouco mais longe...jinhos..deixo te um abraço ;)

Maria disse...

É por estas e por outras que eu não me prometo nada no princípio do ano...
:)))
Estende os braços, vá. Não sentes os meus? Vês como estás perto, pertinho? É que a distância só existe se quisermos...

Um beijo, McC

bono_poetry disse...

...hei isso sao saudades minhas?
...vem ca diz-me...nao sentes o perfume?amo-te para la de muito!!

Cor do Sol disse...

Oa abraços têm poderes para além do imaginavel.

Vê lá se te encontras, senão no teu aniversario ofereço-te um GPS.eheh.

Ianita disse...

Entendo-te... andamos parece que drogados com o ano novo... como se com o ano novo tudo mudasse... e reacendemos as esperanças, nos outros, mas principalmente em nós mesmas. Mas passou quase um mês e vemos tudo na mesma... e agora estamos a ressacar... :)

Vais ver que isto passa. Kiss

A Menina do Regador de Sonhos disse...

Estarás sempre perto de tudo, se olhares com esperança....


Beijinhos grandes

gaivota disse...

não há longe nem distância - richard bach, lindo!
experimenta!
beijinhos

S.Tear disse...

eu tb queria deixar de roer as unhas... mas não está facil :P


bj*

Glaukwpis disse...

=) Perfect =)

Isabel José António disse...

Cara Amiga Maçã com Canela,

Vim aportar a este seu lugar através da querida amiga Serenidade.

E venho dzer-lhe que gostei muito deste seu poema.

Não há forma de estarmos sós. Todos estamos unos com tudo e com todos. Apenas temos a ilusão de que estamos separados. A um nível muito profundo (a nível sub-atómico, o das partículas constitutivas de TUDO O QUE EXISTE), todos estamos unidos e somos proveientes damesma causa comum.

Sente-te unida à Vida
Aquela que bem sentes
E nunca andes iludida
Não murmures entre dentes

Corre em ti o mesmo pó
Das estrelas do firmamento
Por isso nunca estarás só
No coração do sentimento

Mesmo que a vida seja dura
Volta teus olhos para ti
Espalha toda aquela ternura
Que sabes estar em ti, aqui.

És uma alma num corpo vivo
E não só um corpo com alma
Partilhar a vida é teu crivo
Rumo ao espaço da tarde calma

Muitos parabéns

Um abraço

José António


PS.:

Se nos quiser obsequiar com a sua visita, esinta-se convidada a qualquer um dos nossos blogues, destacando nós "O Poesia Viva", "O Caminho do Coração"e o "Observatório".

1/4 de Fada disse...

Vim retribuir a visita e vejo que temos amigos em comum! Conta com o meu regresso.