sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Inspira o aroma da vida!

Não sei.
Sentimos por vezes uma vontade louca de fugirmos.
Acontece-me frequentemente.
Não que esteja farta, mas porque por vezes queremos mudar!
Mas algo não deixa.
O dia foge a correr.
A noite nem vê-la.
O que fazer parante algo que nos toca como o vento.
Toca e foge sem darmos por ele.
Certo é que vai deixando um pouco de si.
Momentos deliciosos onde o seu conjunto é perfeito.
O que fazer perante um tempo que não pára!?
Olhar em redor e ver, sentir, tocar, amar...
Enchermo-nos deste misto de emoções e sensações.
Ser como Maçã e Canela.
A mistura perfeita!

7 comentários:

poca disse...

bem vinda à blogosfera :)

o que fazer com a brevidade do tempo que passa? fazer com que a sua passagem faça sentido.. fazer com que seja mais do que um passar do tempo.

beijinho

Maria disse...

Gosto da mistura....

maria disse...

"Olhar em redor, ver, sentir, tocar, amar"
Gostei imenso do poema. Na azáfama com que vivemos, na maioria das vezes, esquecemo-nos de sentir as coisas bonitas da vida e como dizes basta olhar à nossa volta.

bjs

Paulo Afonso disse...

"Ser como Maçã e Canela.
A mistura perfeita!"

Não podia concordar mais...

Abraço

mixtu disse...

misturas que dão aromas à vida e como a vida tem bonitos aromas...

inspira
expira...

abrazo, miguita,

SílviA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SílviA disse...

Nao gosto nada de maça nem de canela mas so porque vem dai...so porque vem de um pensamento com o qual me identifico o sabor fica sublime.

Beijos